10 passos para fazer uma migração de e-commerce segura

  • Home / Ecommerce / 10 passos para…

10 passos para fazer uma migração de e-commerce segura

Mudar a plataforma de uma loja virtual é um processo que pode gerar insegurança e preocupação, mas totalmente seguro. Geralmente essa mudança é movida pelas limitações da plataforma atual, como lentidão, poucos recursos, escalabilidade e integrações.

Esse tipo de mudança é uma forma de atualizar a loja virtual de maneira que atenda a todas as necessidades do mercado e, principalmente, acompanhar os avanços tecnológicos para não acabar ficando para trás.

Antes de começar a pensar na migração de seu e-commerce, entenda que o seu e-commerce ficará parado por um tempo e terá influência direta no faturamento. Por isso, é necessário um planejamento para não gerar prejuízos.

Selecionamos 10 passos importantes para fazer a migração de uma loja virtual de maneira segura e organizada. Confira!

Cronograma de migração

Um cronograma bem feito é crucial para o sucesso da migração de e-commerce, pois de certa forma, todos os departamentos estarão envolvidos em alguma parte do processo.

Não defina a data da mudança antes de analisar o calendário promocional e os horários de menos fluxo de visitas. Programe-se!

Mapear as mudanças

É importante mapear e detalhar quais serão as mudanças, o que será mantido, o que não está funcionando e o que é indispensável para o novo modelo. Compare as opções disponíveis na nova plataforma e o que funciona para o seu negócio.

Ajuste o SEO antes da migração

O SEO está diretamente relacionado às vendas. Logo, os ajustes devem ser feitos antes da migração. Analise a estrutura das URLs, oportunidades e o posicionamento.

Alguns pontos que merecem atenção:

  • Tenha URLs amigáveis e mantenha as mesmas após a migração;
  • Evite URLs quebradas e garanta um bom ranqueamento. O Google Analytics, ou algumas ferramentas do Semrush e do Ubersuggest podem ajudar na busca desses links quebrados;
  • Para a indexação, é importante o uso dos sitemaps, que são arquivos que fornecem informações sobre as páginas, e a indexação deles pelo Google Search Console;
  • Revise e otimize os CTRs, dessa forma você pode melhorar a taxa de clique e converter mais visitantes;
  • Dedique-se para preparar o texto do meta description, que é o texto que aparece logo abaixo do título principal nos resultados de busca.

E-mails transacionais

Toda plataforma de e-commerce disponibiliza e-mails transacionais, que são basicamente avisos sobre confirmação de cadastro, status da compra e outros avisos.

Durante a migração, dedique um tempo para revisar esses e-mails e verificar se ainda fazem sentido ou existe algum ponto que precisa ser reavaliado.

Revisão das categorias e produtos

Essa fase é extremamente importante para melhorar a navegação do visitante na loja virtual. Analise o comportamento dos visitantes com base nos dados do Google Analytics para te auxiliar na revisão das categorias e produtos.

Os filtros também devem passar por revisão para identificar as oportunidades de melhorar a conversão.

Migração dos dados

O histórico e dados dos clientes deve fazer parte da migração. Solicitar um novo cadastro para um cliente pode gerar uma desconfiança e diminuir a taxa de conversão. Mantenha a experiência do cliente da forma mais simplificada possível para isso não ser um empecilho.

Lembre-se que você está lidando com os dados dos clientes. Garanta a segurança total na migração.

Treinamento da equipe

A equipe deve estar preparada para operar a nova plataforma para a rotina de trabalho e para tirar as dúvidas dos clientes, principalmente aquelas que são responsáveis pelo atendimento.

Testes finais

Depois de ter concluído 100% da migração, é importante revisar todas as etapas e áreas do e-commerce, na versão mobile e desktop, para garantir que tudo está conforme o planejado.

Solicite que mais pessoas façam essa conferência em massa com uma visão de cliente. Teste as categorias, simule compras em todas as formas de pagamento, os e-mails e tudo o que se refira a nova plataforma.

Divulgue a novidade

Divulgue que a loja virtual está de cara nova e apresente as mudanças. Crie uma ação que leve todos para o site para conferir a novidade, como algum tipo de desconto ou lançamento de produto.

Monitoramento e relatórios

Mesmo após todos os testes, não deixe de acompanhar o comportamento dos visitantes para entender se o novo formato está 100% alinhado com os objetivos dessa mudança. Também acompanhe o retorno dos clientes que não perderam tempo e já foram conferir todos os detalhes.

Por fim, a nossa dica de ouro é buscar por uma equipe especializada para te auxiliar na migração do seu e-commerce. Esse processo não é fácil e muito menos, rápido, mas com um bom planejamento, tudo dará certo.